Falamos para a mente não para os ouvidos

A dica desta vez, é sobre a preocupação excessiva com as palavras que usamos em nossa

comunicação. Esquecendo que o principal canal de percepção do ouvinte, é através dos reais significados das palavras, elas serão apenas condutores. Vigie seu comportamento e cause uma experiência para seu cliente.


O que você acha disso Comunicador? Aperta o play e deixe sua opinião.




4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo